Vídeo | Uso do Processador de imagens para processar vários arquivos em lote

Vídeo | Uso do Processador de imagens para processar vários arquivos em lote
Saiba como preparar centenas de imagens e salvá-las imediatamente em diferentes formatos de arquivos que usam o script do Processador de imagens…
Julieanne Kost

Conversão de arquivos com o Processador de Imagens

O Processador de Imagens converte e processa vários arquivos. Ao contrário do comando Lote, o Processador de Imagens possibilita o processamento de arquivos sem exigir que uma ação seja criada primeiro. O Processador de Imagens permite executar qualquer uma destas ações:

  • Converter um conjunto de arquivos no formato JPEG, PSD ou TIFF ou converter arquivos simultaneamente em todos os três formatos.

  • Processar um conjunto de arquivos camera raw usando as mesmas opções.

  • Redimensionar imagens para ajustá-las às dimensões em pixels especificadas.

  • Incorporar um perfil de cores ou converter um conjunto de arquivos em sRGB e salvá-los como imagens JPEG para a Web.

  • Incluir metadados de direitos autorais nas imagens convertidas.

O Processador de Imagens trabalha com arquivos PSD (Photoshop), JPEG e Camera Raw.

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Escolha Arquivo > Scripts > Processador de Imagens (Photoshop).

    • Escolha Ferramentas > Photoshop > Processador de Imagens (Bridge).

  2. Selecione as imagens que serão processadas. É possível optar por processar todos os arquivos abertos ou por selecionar uma pasta de arquivos a serem processados.
  3. (Opcional) Para aplicar as mesmas configurações a todas as imagens, selecione a opção Abrir a Primeira Imagem para Aplicar Configurações.

    Para o processamento de um grupo de arquivos camera raw obtidos sob as mesmas condições de iluminação, é possível ajustar a configuração preferencial na primeira imagem e, em seguida, aplicar as mesmas configurações às imagens restantes.

    Use essa opção com arquivos de origem PSD ou JPEG caso o perfil de cores do arquivo não corresponda ao perfil de trabalho atual. É possível escolher um perfil de cores no qual converter a primeira imagem e todas as imagens da pasta.

    Observação:

    As configurações aplicadas com o Processador de Imagenssão temporárias e são usadas exclusivamente com o Processador de Imagens. A imagem é processada com suas configurações camera raw atuais, a não ser que sejam alteradas no Processador de Imagens.

  4. Selecione o local desejado para salvar os arquivos processados.

    Se o mesmo arquivo for processado várias vezes no mesmo destino, cada arquivo resultante será salvo com seu próprio nome e nenhum deles será sobrescrito.

  5. Selecione os tipos de arquivos e as opções para salvar os arquivos.

    Salvar como JPEG

    Salva imagens no formato JPEG dentro de uma pasta denominada JPEG, na pasta de destino.

    Qualidade

    Define a qualidade de imagens JPEG entre 0 e 12.

    Redimensionar para Ajustar

    Redimensiona a imagem para ajustá-la às dimensões digitadas em Largura e Altura. A imagem preserva suas proporções originais.

    Converter Perfil em sRGB

    Converte o perfil de cores em sRGB. Verifique se a opção Incluir Perfil ICC está selecionada para possibilitar que a imagem seja salva junto com o respectivo perfil.

    Salvar como PSD

    Salva imagens no formato Photoshop dentro de uma pasta denominada PSD, na pasta de destino.

    Maximizar Compatibilidade

    Salva uma versão composta de uma imagem em camadas no arquivo de destino, para possibilitar a compatibilidade com aplicativos que não conseguem ler imagens em camadas.

    Salvar como TIFF

    Salva imagens no formato TIFF dentro de uma pasta denominada TIFF, na pasta de destino.

    Compactação LZW

    Salva o arquivo TIFF usando o esquema de compactação LZW.

  6. Defina outras opções de processamento.

    Executar Ação

    Executa uma ação do Photoshop. Escolha o conjunto de ações no primeiro menu e a ação no segundo menu. Para poder aparecer nesses menus, o conjunto de ações deve ser carregado no painel Ações.

    Informações sobre Copyright

    Inclui qualquer texto digitado nos metadados de direitos autorais IPTC para o arquivo. O texto incluído sobrescreve os metadados de direitos autorais do arquivo original.

    Incluir Perfil ICC

    Incorpora o perfil de cores com os arquivos salvos.

  7. Clique em Executar.

Observação:

Antes de processar as imagens, clique em Salvar para salvar as configurações atuais da caixa de diálogo. Na próxima vez em que você precisar processar arquivos usando este grupo de configurações, clique em Carregar e navegue até as configurações salvas do Processador de Imagens.

Processamento de um lote de arquivos

O comando Lote executa uma ação em uma pasta de arquivos. Se você tiver uma câmera digital ou um scanner com alimentador de documentos, também poderá importar e processar várias imagens com apenas uma ação. Seu scanner ou câmera digital pode precisar de um módulo de plug-in acquire compatível com essas ações.

Observação:

Se o plug-in de terceiros não tiver sido escrito para importar vários documentos de uma vez, ele pode não funcionar durante o processamento em lote ou se usado como parte de uma ação. Entre em contato com o fabricante do plug-in para obter mais informações.

Você pode também importar imagens PDF do Acrobat Capture ou de outro software.

Durante o processamento de arquivos em lote, todos os arquivos podem permanecer abertos, os arquivos originais podem ser fechados e salvos com alterações ou as versões modificadas desses arquivos podem ser salvas em um novo local (sem alterar os originais). Se os arquivos processados forem salvos em um novo local, convém criar uma nova pasta para esses arquivos antes de iniciar o processamento em lote.

Para fazer o processamento em lote usando várias ações, crie uma nova ação que execute todas as outras e, em seguida, repita o processamento em lote usando essa nova ação. Para fazer o processamento de várias pastas em lotes, crie réplicas em uma pasta para as outras pastas que serão processadas e, em seguida, selecione a opção Incluir Todas as Subpastas.

Observação:

Para melhorar o desempenho do processamento em lote, reduza o número de estados de histórico salvos e, no painel Histórico, cancele a seleção de Criar Primeiro Instantâneo Automaticamente.

Processamento de arquivos em lotes

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Escolha Arquivo > Automatizar > Lote (Photoshop)

    • Escolha Ferramentas > Photoshop > Lote (Bridge)

  2. Especifique a ação que deseja usar para processar arquivos nos menus pop-up Definir e Ação. Esses menus exibem as ações disponíveis no painel Ações. Talvez seja necessário escolher um conjunto diferente ou carregar um conjunto nesse painel se a ação desejada não estiver listada.
  3. Escolha os arquivos a serem processados no menu pop-up Origem:

    Pasta

    Processa arquivos em uma pasta especificada. Clique em Escolher para localizar e selecionar essa pasta.

    Importar

    Processa imagens a partir de uma câmera digital, de um scanner ou de um documento PDF.

    Arquivos Abertos

    Processa todos os arquivos abertos.

    Bridge

    Processa arquivos selecionados no Adobe Bridge. Se nenhum arquivo for selecionado, os arquivos na pasta atual do Bridge serão processados.

  4. Defina as opções de processamento, salvamento e nomeação de arquivo. Para obter descrições das configurações da caixa de diálogo Lote, consulte Opções de processamento em lotes e droplets.

Processamento de arquivos em lotes em pastas aninhadas para diferentes formatos

  1. Processe as pastas como de costume, até a etapa Destino.
  2. Escolha Salvar e Fechar para o destino. É possível especificar opções de Cancelar Ação dos comandos “Salvar como” para fazer o seguinte:
    • Se a etapa "Salvar como" na ação contiver um nome de arquivo, esse nome será substituído pelo nome do documento que está sendo salvo; todas as etapas "Salvar como" serão tratadas como se tivessem sido gravadas sem um nome de arquivo.

    • A pasta especificada na etapa da ação “Salvar como” será substituída pela pasta original do documento.

    Observação:

    É necessário ter uma etapa “Salvar como” na ação, já que o comando Lote não salva arquivos automaticamente.

    Você pode usar esse procedimento, por exemplo, para tornar imagens mais nítidas, redimensioná-las ou salvá-las como JPEGs em suas pastas originais. Crie uma ação que contenha uma etapa de ajuste de nitidez, uma etapa de redimensionamento e, em seguida, uma etapa “Salvar como JPEG”. Depois de iniciar o processamento em lote dessa ação, selecione Incluir todas as subpastas, especifique o destino como Salvar e Fechar e selecione Cancelar Ação dos comandos "Salvar como".

Criação de um droplet a partir de uma ação

Um droplet aplica uma ação a uma ou mais imagens, ou a uma pasta de imagens, que você arrasta até o ícone Droplet. É possível salvar um droplet na área de trabalho ou em outro local do disco.

Ícone de droplet do Photoshop
Ícone Droplet

Ações são a base para criação de droplets — você deve criar a ação desejada no painel Ações antes de criar um droplet. (Consulte Criação de ações.)

  1. Escolha Arquivo > Automatizar > Criar Droplet.
  2. Especifique o local para salvar o droplet. Escolha a seção “Salvar Droplet em” da caixa de diálogo e navegue até o local correspondente.
  3. Selecione o Conjunto de Ações e designe a ação planejada para uso nos menus Conjunto e Ação. (Selecione a ação no painel Ações antes de abrir a caixa de diálogo para pré-selecionar esses menus.)
  4. Defina as opções de processamento, salvamento e nomeação de arquivo. Para obter descrições das configurações da caixa de diálogo Lote, consulte Opções de processamento em lotes e droplets.

Dicas para droplets entre plataformas

Ao criar droplets para o Windows e o Mac OS, lembre-se dos seguintes problemas de compatibilidade:

  • Depois de mover um droplet criado no Windows para o Mac OS, será necessário arrastar esse droplet até o ícone do Photoshop na área de trabalho. O Photoshop atualiza o droplet para uso no Mac OS.

  • Durante a criação de um droplet no Mac OS, use a extensão .exe para torná-lo compatível com o Windows e com o Mac OS.

  • Não há suporte para referências a nomes de arquivos entre sistemas operacionais. Se uma etapa de ação fizer referência a um nome de arquivo ou pasta (como um comando Abrir, um comando Salvar como ou um comando de ajuste que carregue suas configurações a partir de um arquivo), a execução será interrompida, e o usuário deverá especificar um nome de arquivo.

Processamento de um arquivo com um droplet

  1. Arraste um arquivo ou uma pasta até o ícone de droplet. O Photoshop será iniciado, se não estiver em execução.

Opções de processamento em lotes e droplets

Especifique estas opções nas caixas de diálogo Lote e Droplet.

Cancelar Ação do Comando "Abrir"

Garante que os arquivos selecionados no comando Lote sejam processados, sem abrir o arquivo especificado na ação do comando Abrir. Se a ação incluir um comando Abrir, que abre um arquivo salvo, e você não selecionar essa ação, o comando Lote abrirá e processará apenas o arquivo usado para gravar o comando Abrir. (Isso ocorre porque o comando Lote abre o arquivo especificado pela ação depois que cada arquivo na pasta de origem Lote é aberto. Como o arquivo aberto mais recentemente é o arquivo nomeado na ação, o comando Lote executa a ação nesse arquivo, e nenhum arquivo na pasta de origem Lote é processado.)

Para usar esta opção, é necessário que a ação inclua um comando Abrir. Caso contrário, o comando Lote não abrirá os arquivos que você selecionou para processamento em lote. A seleção desta opção não ignora tudo em um comando Abrir, mas apenas a opção dos arquivos a serem abertos.

Cancele a seleção desta opção, se a ação for gravada para operar em um arquivo aberto, ou se a ação incluir comandos Abrir para arquivos específicos, que são solicitados pela ação.

Incluir Todas as Subpastas

Processa arquivos em subdiretórios da pasta especificada.

Omitir Avisos de Perfil de Cor

Desativa a exibição de mensagens de diretrizes de cores.

Omitir Caixas de Diálogo de Opções de Abertura de Arquivos

Oculta caixas de diálogo de Opções de Abertura de Arquivos. Isso é útil durante o processamento em lote de ações em arquivos de imagem camera raw. As configurações padrão ou especificadas anteriormente serão usadas.

Menu Destino

Define o local para salvar os arquivos processados

Nenhum

Deixa os arquivos abertos sem salvar alterações (a não ser que a ação inclua um comando Salvar).

Salvar e Fechar

Salva os arquivos no local atual, sobrescrevendo os arquivos originais.

Pasta

Salva os arquivos processados em outro local. Clique em Escolher para especificar a pasta de destino.

Cancelar Ação do Comando "Salvar Como"

Garante que os arquivos processados sejam salvos na pasta de destino especificada no comando Lote (ou na pasta de original, se você selecionar Salvar e Fechar), com os nomes originais ou os nomes que você especificou na seção Nomenclatura de Arquivo, na caixa de diálogo Lote.

Se você não selecionar esta opção e a ação incluir um comando Salvar como, os arquivos serão salvos na pasta especificada pelo comando Salvar como na ação, em vez de serem salvos na pasta especificada no comando Lote. Além disso, se você não selecionar esta opção e o comando Salvar como na ação especificar um nome de arquivo, o comando Lote sobrescreverá o mesmo arquivo (o arquivo especificado na ação) sempre que processar uma imagem.

Observação:

Se você desejar que o comando Lote processe arquivos usando os nomes de arquivos originais na pasta especificada no comando Lote, salve sua imagem na ação. Em seguida, ao criar o lote, selecione Cancelar ação do comando "Salvar como" e especifique uma pasta de destino. Se você renomear as imagens no comando Lote e não selecionar Cancelar Ação do comando "Salvar como", o Photoshop salvará as imagens processadas duas vezes: uma vez com o novo nome na pasta especificada, e uma vez com o nome original na pasta especificada pelo comando Salvar como na ação.

Para usar esta opção, é necessário que a ação inclua um comando Salvar Como. Caso contrário, o comando Lote não salvará os arquivos processados. Selecionar essa opção não ignora tudo no comando Salvar como; apenas o nome de arquivo e a pasta e especificados.

Observação:

Algumas opções de gravação não estão disponíveis nos comandos Lote ou Criar Droplet (como as opções de compactação JPEG ou TIFF). Para usar essas opções, grave uma etapa Salvar Como na ação que inclui as opções desejadas e, em seguida, use a opção Cancelar Ação do Comando "Salvar Como" para salvar os arquivos especificados no comando Lote ou Criar Droplet. O Photoshop ignora o nome de arquivo e o demarcador especificados no comando Salvar como da ação e mantém as opções de gravação usando o novo demarcador e o novo nome de arquivo especificados na caixa de diálogo Lote.

Nomenclatura de Arquivo

Especifica as convenções de nomenclatura dos arquivos, se eles estiverem sendo gravados em uma nova pasta. Selecione elementos nos menus pop-up ou digite texto nos campos a serem combinados aos nomes padrão de todos os arquivos. Os campos permitem que você altere a ordem e a formatação dos componentes do nome de arquivo. Você deve incluir pelo menos um campo que seja exclusivo para cada arquivo (por exemplo, nome do arquivo, número de série ou letra de série) para evitar que os arquivos se sobrescrevam. A opção Número de Série Inicial especifica o número inicial para todos os campos de número de série. Campos de letra de série sempre começam com a letra “A” para o primeiro arquivo.

Compatibilidade

Torna os nomes de arquivo compatíveis com os sistemas operacionais Windows, Mac OS e UNIX.

Observação:

Em geral, salvar arquivos com as opções do comando Lote faz com que esses arquivos sejam salvos no mesmo formato que os originais. Para criar um processamento em lote que salve arquivos em um novo formato, grave o comando Salvar como, seguido do comando Fechar, como parte da ação original. Em seguida, escolha Cancelar ação dos comandos "Salvar como" como destino ao configurar o processamento em lotes.

Menu Erro

Especifica como tratar erros de processamento:

Parar para Erros

Suspende o processamento até a confirmação da mensagem de erro.

Registrar Erros em Arquivo

Registra cada erro em um arquivo sem interromper o processamento. Se os erros forem registrados em um arquivo, será exibida uma mensagem após o processamento. Para revisar o arquivo de erros, abra-o com um editor de texto após a execução do comando Lote.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online