Sobre a prova de cores em mídia eletrônica

Em um processo de produção de editoração tradicional, você faz uma prova impressa do documento para visualizar como serão reproduzidas as cores em um dispositivo de saída específico. Em um fluxo de trabalho com gerenciamento de cores, você pode usar a precisão dos perfis de cores para fazer uma prova do documento diretamente no monitor. Você pode exibir na tela como ficarão as cores do documento quando reproduzidas em um determinado dispositivo de saída.

Lembre-se de que a confiabilidade da prova eletrônica depende da qualidade do monitor, dos perfis do monitor e dos dispositivos de saída e das condições de iluminação do ambiente de trabalho.

Observação:

Somente a prova de cores em mídia eletrônica não permite ver a aparência da superimposição quando impressa em uma impressora offset. Se você trabalhar com documentos que contenham superimposições, ative a Visualização de superimposição para visualizar as superimposições com precisão em uma prova de monitor. No Acrobat, a opção Visualização de superimposição é aplicada automaticamente.

Usando uma prova de monitor para visualizar a saída final de um documento no monitor

A. O documento é criado em seu espaço de cor de trabalho. B. Os valores de cores do documento são convertidos no espaço de cor do perfil de prova escolhido (geralmente o perfil do dispositivo de saída). C. O monitor exibe a interpretação do perfil de prova dos valores de cores do documento. 

Prova automática de cores

  1. Escolha Exibir > Configuração de prova e siga um destes procedimentos:
    • Escolha uma predefinição que corresponda à condição de saída que você deseja simular.
    • Escolha Personalizada (Photoshop e InDesign) ou Personalizar (Illustrator) para criar uma configuração de prova personalizada para uma condição de saída específica. Essa opção é recomendada para obter a visualização mais precisa do resultado impresso final.
  2. Escolha Exibir > Cores de prova para ativar ou desativar a exibição da prova de monitor. Quando a prova monitor estiver ativada, uma marca de seleção será exibida ao lado do comando Cores de prova e o nome do perfil ou a predefinição de prova aparecerá na parte superior da janela do documento.

Observação:

Para comparar as cores da imagem original com as cores da prova de monitor, abra o documento em uma nova janela antes de configurar a prova de monitor.

Predefinições da prova de monitor

CMYK de trabalho Cria uma prova de monitor das cores utilizando a área de trabalho CMYK atual definida na caixa de diálogo Configurações de cores.

CMYK do documento (InDesign) Cria uma prova de monitor, utilizando o perfil CMYK do documento.

Chapa de ciano ativo, Chapa de magenta ativo, Chapa de amarelo ativo, Chapa de preto ativo ou Chapas de CMY ativo (Photoshop) Cria uma prova de monitor de cores de tinta CMYK específica utilizando a área de trabalho CMYK atual.

RGB Macintosh legado (Photoshop w Illustrator) Cria uma prova de cores em mídia eletrônica simulando o MacOS 10.5 e anteriores.

RGB padrão de Internet (Photoshop w Illustrator) Cria uma prova de monitor de cores simulando o Windows e o MacOS 10.6 e posteriores.

RGB do monitor (Photoshop e Illustrator) Cria uma prova de monitor de cores RGB usando o perfil do monitor atual como perfil de prova.

Observação:

As opções RGB Macintosh legado, Padrão de Internet e Monitor presumem que o dispositivo simulado exibirá seu documento sem usar o gerenciamento de cores. Essas opções não estão disponíveis para documentos Lab ou CMYK.

Daltonismo (Photoshop e Illustrator) Cria uma prova de monitor reflete as cores visíveis para uma pessoa com daltonismo. As duas opções de provas de monitor, Protanopia e Deuteranopia, aproximam a percepção de cores para as formas mais comuns de daltonismo. Para obter mais informações, consulte Prova em mídia eletrônica para daltonismo (Photoshop e Illustrator).

Opções personalizadas de prova em mídia eletrônica

Dispositivo para simulação Especifica o perfil de cor do dispositivo para o qual você deseja criar a prova. A utilidade do perfil escolhido depende do nível do grau de precisão com que ele descreve o comportamento do dispositivo. Na maioria dos casos, perfis personalizados para combinações específicas de papéis e impressoras criam a prova de monitor mais precisa.

Preservar números CMYK ou Preservar números RGB Simula como as cores serão exibidas sem serem convertidas para o espaço de cor do dispositivo de saída. Essa opção é mais útil quando você segue um fluxo de trabalho CMYK seguro.

Propósito de saída (Photoshop e Illustrator) Quando a opção Preservar números não está selecionada, especifica um propósito de saída para a conversão de cores no dispositivo que você está tentando simular.

Usar compensação de ponto preto (Photoshop) A compactação de ponto preto garante que os detalhes de sombras na imagem sejam preservados simulando o intervalo dinâmico completo do dispositivo de saída. Selecione essa opção se você planeja usar a compensação de ponto preto ao imprimir (recomendado na maioria das situações).

Simular cor do papel Simula o branco escuro do papel verdadeiro, de acordo com o perfil da prova. Nem todos os perfis suportam essa opção.

Simular tinta preta Simula o cinza escuro que você realmente obtém em vez de preto sólido em muitas impressoras, de acordo com o perfil de prova. Nem todos os perfis suportam essa opção.

Observação:

No Photoshop, se você quiser que a configuração de prova personalizada seja a configuração de prova padrão para os documentos, feche todas as janelas de documentos antes de escolher o comando Exibir > Configuração de prova > Personalizar.

Prova em mídia eletrônica para daltonismo (Photoshop e Illustrator)

O CUD (Color Universal Design) garante que as informações gráficas sejam transmitidas de forma precisa para as pessoas com vários níveis de percepção de cores, incluindo as pessoas com daltonismo. Vários países possuem diretrizes que exigem gráficos compatíveis com CUD em espaços públicos.

Os tipos mais comuns de daltonismo são a protanopia (sensibilidade reduzida para a cor vermelha) e a deuteranopia (sensibilidade reduzida para a cor verde). Um terço das pessoas com daltonismo são intensamente afetadas; as demais tem formas mais brandas de daltonismo.

Ajuste o design para o daltonismo

A. Imagem original B. Prova para daltônicos C. Design otimizado 

Para determinar se um documento é compatível com CUD, proceda da forma a seguir:

  1. Converta o documento para o modo de cores RGB, que fornece a prova de monitor mais precisa para daltonismo.
  2. (Opcional) Para exibir o documento original e uma prova de monitor simultaneamente, escolha Janela > Nova Janela (Illustrator) ou Janela > Organizar > Nova Janela (Photoshop).
  3. Escolha Exibir > Configuração de prova > Daltonismo e, em seguida, selecione Tipo protanopia ou Tipo deuteranopia. (Para estar de acordo com o CUD, verifique seu documento nas duas exibições.)

Observação:

No Photoshop, você pode imprimir a prova. Para obter mais informações, pesquise "Imprimir uma prova impressa" na Ajuda do Photoshop.

Se houver dificuldade para diferenciar objetos em provas de daltonismo, ajuste o design executando um dos procedimentos a seguir:

  • Altere o brilho ou a matiz da cor:

    • O vermelho puro tende a aparecer escuro e turvo; o vermelho alaranjado é mais fácil de reconhecer.

    • O verde azulado é menos confundido do que o verde amarelado.

    • O cinza pode ser confundido com magenta, rosa pálido, verde pálido ou verde esmeralda.

    • Evite as seguintes combinações: vermelho e verde; amarelo e verde brilhante; azul claro e rosa; azul escuro e violeta.

    • Evite itens vermelhos em fundos coloridos escuros ou itens brancos em fundos amarelos ou vermelhos-alaranjados.

  • Aplique padrões ou formas diferentes.

  • Adicione bordas brancas, pretas ou de cores escuras nos limites de cores.

  • Use famílias ou estilos de fontes diferentes.

Salvar ou carregar uma configuração de prova personalizada (Photoshop, InDesign)

  1. Escolha Exibir > Configuração de prova > Personalizar.
  2. Escolha uma das seguintes opções:
    • Para salvar uma configuração de prova personalizada, clique em Salvar. Para garantir que a nova predefinição seja exibida no menu Exibir > Configuração de prova, salve a predefinição no local padrão.

    • Para carregar uma configuração de prova personalizada, clique em Carregar.

Prova de cores em monitor (Acrobat)

  1. Realize um destes procedimentos, dependendo da sua versão do Acrobat:
    • (Acrobat 9) Escolha Avançado > Produção de impressão > Visualização de saída.

    • (Acrobat X) Escolha Ferramentas > Produção de impressão > Visualização de saída.

  2. Escolha o perfil de cor de um dispositivo de saída específico no menu Perfil de simulação.
  3. Escolha uma opção de prova de monitor:

    Simular tinta preta Simula o cinza escuro que você realmente obtém em vez de preto sólido em muitas impressoras, de acordo com o perfil de prova. Nem todos os perfis suportam essa opção.

    Simular cor do papel Simula o branco escuro do papel verdadeiro, de acordo com o perfil da prova. Nem todos os perfis suportam essa opção.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online