O Photoshop fornece vários recursos para ajudar a usar imagens em outros aplicativos. Devido à perfeita integração entre os produtos da Adobe, vários aplicativos da Adobe podem importar arquivos PSD (Photoshop) diretamente e usar os recursos do Photoshop, como camadas, estilos de camada, máscaras, transparência e efeitos.

Preparação de imagens para programas de layout de página

A maneira como uma imagem é preparada para um programa de layout de página depende dos formatos de arquivo reconhecidos por esse programa:

  • O Adobe InDesign 2.0 e versões posteriores conseguem inserir arquivos PSD do Photoshop. Não é necessário salvar ou exportar a imagem do Photoshop para um formato de arquivo diferente. Áreas transparentes são exibidas e impressas conforme esperado.

  • A maioria dos outros programas de layout de página requer que a imagem seja salva como arquivo TIFF ou EPS. Entretanto, se essa imagem contiver áreas completamente transparentes, será necessário defini-las primeiro com o uso de um demarcador de corte. Verifique a documentação referente ao seu programa de layout de página para determinar o melhor formato de importação de imagens do Photoshop.

Se o programa de layout de página não conseguir inserir arquivos PSD do Photoshop, siga estas etapas:

  1. Se a imagem contiver um plano de fundo transparente ou áreas que devem ficar transparentes, crie um demarcador de corte ao redor das áreas opacas dessa imagem. Mesmo que o plano de fundo ao redor da imagem tenha sido excluído, é necessário definir a área com um demarcador de corte antes de converter o arquivo no formato TIFF ou EPS. Caso contrário, as áreas transparentes poderão aparecer em branco no programa de layout de página.
  2. Escolha Arquivo > Salvar Como.
  3. No menu Formato da caixa de diálogo Salvar Como, escolha o formato apropriado. O formato escolhido depende da saída final para o documento. Para imprimir em impressoras não-PostScript, escolha TIFF. Para imprimir em impressoras PostScript, escolha EPS do Photoshop. Clique em Salvar.
  4. Na caixa de diálogo Opções de TIFF ou Opções de EPS, defina as seguintes opções: Deixe as opções restantes de acordo com as configurações padrão e clique em OK.
    • Caixa de diálogo Opções de TIFF: defina Compactação de Imagem como Nenhuma.

    • Caixa de diálogo Opções de EPS (Windows): defina Visualização como TIFF (8 bits/pixel) e Codificação como ASCII85.

    • Caixa de diálogo Opções de EPS (Mac OS): define Visualizar como Mac (8 bits/pixel) e Codificação como ASCII85.

    Observação:

    Se o programa de layout exibir áreas transparentes em branco, tente imprimir o documento. Alguns programas de layout não exibem demarcadores de corte adequadamente, mas os imprimem conforme esperado.

Uso de trabalho artístico do Photoshop no Adobe Illustrator

O Adobe Illustrator pode abrir ou inserir arquivos do Photoshop. Não é necessário salvar nem exportar uma imagem do Photoshop em um formato de arquivo diferente. Se uma imagem for inserida em um arquivo aberto do Illustrator, será possível incorporá-la, como se fosse qualquer outro elemento da arte vetorial, ou manter um vínculo com o arquivo original. Embora uma imagem vinculada no Illustrator não possa ser editada, é possível saltar novamente para o Photoshop, usando o comando Editar Original, para revisar essa imagem. Após a gravação, todas as alterações feitas serão refletidas na versão do Illustrator.

  1. Se o arquivo de imagem for aberto no Photoshop, salve-o no formato PSD e feche-o em seguida.
  2. No Adobe Illustrator, siga um destes procedimentos:
    • Para abrir o arquivo diretamente no Illustrator, escolha Arquivo > Abrir. Localize a imagem na caixa de diálogo Abrir Arquivo e clique em OK.

    • Para incorporar a imagem a um arquivo existente do Illustrator, escolha Arquivo > Inserir. Localize o arquivo na caixa de diálogo Inserir, verifique se que a opção Vincular não está selecionada e clique em Inserir.

    • Para inserir a imagem em um arquivo, mas manter um vínculo com o original, escolha Arquivo > Inserir. Na caixa de diálogo Inserir, localize o arquivo, selecione a opção Vincular e clique em Inserir. O Illustrator centraliza a imagem na ilustração aberta. Um X vermelho na imagem indica que ela está vinculada e não pode ser editada.

  3. Se a imagem tiver sido aberta ou inserida sem um vínculo, a caixa de diálogo Importar do Photoshop será exibida. Escolha a opção apropriada conforme a seguir e clique em OK:
    • Converter Camadas do Photoshop em Objetos, para converter as camadas em objetos do Illustrator. Essa opção preserva máscaras, modos de mesclagem, transparência e (opcionalmente) fatias e mapas de imagem. Entretanto, não oferece suporte para camadas de ajuste e efeitos de camada do Photoshop.

    • Nivelar Camadas do Photoshop até uma Única Imagem, para mesclar todas as camadas em uma única camada. Essa opção preserva a aparência da imagem, mas impede a edição de camadas individuais.

Criação de transparência usando demarcadores de corte de imagem

É possível usar demarcadores de corte de imagem para definir áreas transparentes nas imagens inseridas em aplicativos de layout de página. Além disso, os usuários do Mac OS podem incorporar imagens do Photoshop em vários arquivos de processador de texto.

É possível usar apenas parte de uma imagem do Photoshop ao imprimi-la ou inseri-la em outro aplicativo. Por exemplo, você pode usar um objeto em primeiro plano e excluir o plano de fundo. O demarcador de corte de imagem permite isolar o objeto do primeiro plano e tornar transparente o restante da imagem quando ela é impressa ou inserida em outro aplicativo.

Observação:

demarcadores usam vetores como base e, portanto, possuem arestas sólidas. Não é possível preservar a suavidade de uma aresta difusa, como em uma sombra, ao criar um demarcador de corte de imagem.

Photoshop com e sem o traçado de recorte
Imagem importada para o Illustrator ou InDesign sem um demarcador de corte de imagem (à esquerda) e com um demarcador de corte de imagem (à direita)

  1. Desenhe um demarcador de trabalho que defina a área da imagem a ser revelada.

    Observação:

    Se você já selecionou a área da imagem que deseja mostrar, pode converter a seleção em um demarcador de trabalho. Consulte Converter uma seleção em demarcador para obter instruções.

  2. No painel Demarcadores, salve o demarcador de trabalho como demarcador.
  3. Escolha Demarcador de Corte no menu do painel Demarcadores, defina as opções a seguir e clique em OK:
    • Para Demarcador, escolha o demarcador que deve ser salvo.

    • Para Achatamento, deixe o valor de achatamento em branco para imprimir a imagem usando o valor padrão da impressora. Se ocorrerem erros de impressão, digite um valor de achatamento para determinar como o intérprete PostScript aproximará a curva. Quanto menor o valor de achatamento, maior será o número de linhas retas usadas para desenhar a curva e maior será a precisão dessa curva. Os valores podem variar de 0,2 a 100. Em geral, uma configuração de achatamento de 8 a 10 é recomendada para impressão em alta resolução (de 1200 dpi a 2400 dpi) e uma configuração de 1 a 3 para impressão em baixa resolução (de 300 dpi a 600 dpi).

  4. Se você pretende imprimir o arquivo usando cores de processo, converta o arquivo no modo CMYK.
  5. Salve o arquivo seguindo um destes procedimentos:
    • Para imprimir o arquivo em uma impressora PostScript, salve-o no formato EPS, DCS ou PDF do Photoshop.

    • Para imprimir o arquivo em uma impressora não-PostScript, salve-o no formato TIFF e exporte-o para o Adobe InDesign ou para o Adobe PageMaker® 5.0 ou versões posteriores.

Imprimir traçados de recorte da imagem

Às vezes, o configurador de imagem não consegue interpretar os demarcadores de corte ou um demarcador é muito complexo para a impressora, causando um erro de verificação de limite ou de PostScript geral. Às vezes, é possível imprimir um demarcador complexo em uma impressora de baixa resolução sem dificuldades, mas poderão ocorrer problemas ao imprimir esse mesmo demarcador em uma impressora de alta resolução. Isso ocorre porque a impressora de baixa resolução simplifica o demarcador, usando menos segmentos de linha para descrever curvas em comparação à impressora de alta resolução.

É possível simplificar um demarcador de corte de imagem das seguintes maneiras:

  • Reduza manualmente o número de pontos de ancoragem no demarcador.

  • Aumente a configuração de tolerância usada para criar o demarcador. Para tanto, carregue o demarcador existente como seleção, escolha Criar Demarcador de Trabalho no menu do painel Demarcadores e aumente a configuração de tolerância (de 4 a 6 pixels é um bom valor inicial). Em seguida, crie novamente o demarcador de corte de imagem.

Exportação de demarcadores para o Adobe Illustrator

O comando Demarcadores para o Illustrator permite exportar demarcadores do Photoshop como arquivos do Adobe Illustrator. A exportação de demarcadores dessa maneira simplifica a tarefa de combinar a arte vetorial do Photoshop e do Illustrator ou de usar os recursos do Photoshop com a arte vetorial do Illustrator. Por exemplo, é possível exportar um demarcador da ferramenta caneta e traçá-lo para uso como captura junto com um demarcador de corte do Photoshop que está sendo impresso no Illustrator. Esse recurso também pode ser usado para alinhar textos ou objetos do Illustrator a demarcadores do Photoshop.

  1. Desenhe e salve um demarcador ou converta uma seleção existente em um demarcador.
  2. Escolha Arquivo > Exportar > Demarcadores para o Illustrator.
  3. Escolha um local para o demarcador exportado e digite um nome de arquivo. Verifique se a opção Demarcador de Trabalho está selecionada no menu Demarcador para exportar o demarcador.
  4. Clique em Salvar.
  5. Abra o arquivo no Adobe Illustrator. É possível manipular o demarcador ou usá-lo para alinhar os objetos do Illustrator adicionados ao arquivo.

    Observe que as marcas de corte no Adobe Illustrator refletem as dimensões da imagem do Photoshop. A posição do demarcador na imagem do Photoshop será mantida desde que as marcas de corte não sejam alteradas ou que esse demarcador não seja movido.

O Photoshop é um servidor OLE 2.0, ou seja, oferece suporte para a incorporação ou a vinculação de uma imagem em um aplicativo recipiente OLE (em geral, um processador de texto ou um programa de layout de página). Por exemplo, é possível inserir arquivos e seleções do Photoshop em outros aplicativos OLE, como o Adobe PageMaker, o Adobe FrameMaker e o Microsoft Word, usando o método de copiar e colar, entre outros.

  • A vinculação permite inserir um vínculo no arquivo recipiente do OLE que faça referência ao arquivo do Photoshop na unidade de disco rígido.

  • A incorporação permite inserir o arquivo do Photoshop no arquivo do recipiente OLE.

    Quando estiver no aplicativo recipiente, a imagem poderá ser ativada com um clique duplo do mouse para edição no Photoshop. Quando essa imagem for fechada no Photoshop, ela será atualizado no aplicativo recipiente.

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Copie uma seleção no Photoshop e insira-a no aplicativo recipiente OLE com o comando Colar Especial do aplicativo. Consulte a documentação do processador de texto ou do aplicativo de layout de página para obter mais instruções. Seleções coladas apenas podem ser incorporadas e não vinculadas.

    • Use o comando Inserir Objeto do aplicativo recipiente OLE para inserir uma nova imagem ou um arquivo existente do Photoshop como um objeto com incorporação ou vinculação OLE. Consulte a documentação do processador de texto ou do aplicativo de layout de página para obter instruções.

Inserção de um bitmap não vinculado com resolução de tela em um aplicativo OLE

  1. Com a ferramenta Mover , arraste uma seleção para o aplicativo recipiente OLE. Quando for solto, objeto aparecerá como um bitmap de 72 ppi, que não pode ser automaticamente atualizado no Photoshop.

Modificação e atualização de uma imagem vinculada ou incorporada em um aplicativo OLE

  1. Clique duas vezes na imagem vinculada ou incorporada do processador de texto ou do aplicativo de layout de página para iniciar o Photoshop (se ele ainda não estiver em execução) e abra a imagem para edição.
  2. Modifique a imagem conforme desejado.
  3. Siga um destes procedimentos:
    • Para imagens incorporadas, feche o arquivo ou escolha Arquivo > Atualizar ou Arquivo > Fechar e Retornar para [nome do aplicativo].

    • Para imagens vinculadas, salve e feche o arquivo.

    Observação:

    também é possível modificar arquivos vinculados sem precisar abrir o aplicativo recipiente primeiro. A imagem vinculada será atualizada na próxima vez em que o documento for aberto no respectivo aplicativo recipiente OLE.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online